CONSULTAS
(31) 3281-3926 | (31) 98831-1002

Menu

Alopecia Areata

Alopecia Areata

Alopecia areata é uma doença de causa desconhecida que se caracteriza pela repentina redução ou ausência de pelos ou cabelos em uma determinada área do corpo, geralmente o couro cabeludo. Ela tem evolução progressiva e resolução geralmente espontânea, sem alterações da pele. Acomete por igual homens e mulheres de qualquer idade e pode apresentar recaída.

A causa ainda é desconhecida, mas entre as possíveis causas, estão a predisposição genética e fatores desencadeantes como o estresse emocional e os processos imunológicos. Muitas vezes quem tem alopecia tem também outras doenças autoimunes, como alterações na tireóide ou vítiligo. Muitos pacientes associam a crise de alopecia a algum evento estressante ocorrido pouco antes.  É uma patologia imprevisível. Em algumas pessoas, o cabelo cresce de novo, mas cai novamente mais tarde. Em outras, o cabelo volta a crescer e não cai mais. Cada caso é único. Mesmo que perca todo o cabelo, há chance de que ele crescer novamente.

A alopecia areata incide em cerca de 1% a 2% da população, afetando todos os grupos raciais e podendo surgir em qualquer idade, embora em 60% dos casos ocorram abaixo dos 20 anos. A doença geralmente é assintomática e se caracteriza pela queda repentina de pelos ou cabelos, formando círculos de falta de cabelos (“pelada”). Normalmente, não se constata quaisquer alterações locais da pele. Pode atingir tanto o couro cabeludo como também a barba, supercílios, cílios ou qualquer outra região pilosa.  O principal dano aos pacientes é o psicológico. Alguns pacientes ficam abatidos por causa desta condição. Em crianças, o tratamento psicológico precisa ser levado a sério, pois por causa de possível descriminação dos colegas, as crianças podem se sentir excluídas de seu meio.

Os tratamentos não acabam com a alopecia areata, eles estimulam o folículo a produzir cabelo novamente, e precisam continuar até que a doença desapareça. Os tratamentos são mais eficazes em casos mais leves.  Um dermatologista qualificado saberá diagnosticar a doença e indicar a melhor forma de tratamento. 

diversita-dermatologia-dra-tania-congresso-alopecia-areata

Não há como prevenir a alopecia areata, uma vez que suas causas são desconhecidas. Mas uma vez com alopecia, há algumas dicas para que você se sinta melhor, diminuindo seus efeitos.

Dra Tânia Nely Rocha
Dr Rafael Henrique Rocha

AGENDE SUA CONSULTA POR TELEFONE:
(31) 3281-3926 OU (31) 98831-1002

Fique por dentro das últimas descobertas dermatológicas
no Brasil e no Mundo. É prático e livre de SPAM.