CONSULTAS
(31) 3281-3926 | (31) 98831-1002

Menu

Venda de procedimentos médicos de risco pela internet preocupa a SBD

Com um público de mais de 600 pessoas, aconteceu, na semana passada, em Campo Grande, a 13ª Radeco (Reunião Anual dos Dermatologistas do Centro-Oeste), evento que durante três dias promoveu o debate a respeito dos avanços diagnósticos e terapêuticos nesta área da medicina. A venda de procedimentos estéticos de risco por meio de sites de compra coletiva também provocou discussão entre os congressistas e membros da SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia).

“Nos causa muita preocupação a comercialização de procedimentos médicos em sites de compra coletiva e por meio de outros tipos de anúncios, promovidos por pessoas que não possuem habilitação para realizar esse tipo de intervenção”, disse Augusto Brasil, presidente do congresso e da regional de Mato Grosso do Sul da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Segundo ele, enquanto esses sites estavam promovendo apenas a venda de produtos não havia nenhum problema. “A comercialização de cosméticos registrados e aprovados pelos órgãos encarregados de fiscalizar esse segmento da indústria não apresenta nenhum problema. No entanto, a venda de serviços, de procedimentos médicos de risco, é uma situação que nos causa preocupação”, argumentou.

Augusto Brasil disse que quando a SBD recebe ou identifica a existência de procedimentos que ferem a ética médica ou que coloque em risco a vida das pessoas, esses casos são encaminhados para o Conselho Regional de Medicina. “Quando existem colegas promovendo procedimentos eticamente incorretos, denunciamos a situação, mas em determinados casos, quando se trata de pessoas que nada têm a ver com a área médica, pouco podemos fazer”, explicou.

Nesses casos, na eventualidade de alguma pessoa ter a sua saúde prejudicada, o caminho é a denúncia às autoridades para que estas possam tomar as providências necessárias. O CRM proíbe a venda de procedimentos médicos por meio de sites de compra coletiva. No site Reclame Aqui (www.reclameaqui.com.br) são inúmeras as denúncias de pessoas que adquiriram esse tipo de serviço e que foram financeiramente prejudicados.

“Felizmente os prejuízos, na maioria dos casos, por enquanto, é apenas financeiro”, finalizou Augusto Brasil.

FONTE: www.tanianely.dermatosbd.org.br

Fique por dentro das últimas descobertas dermatológicas
no Brasil e no Mundo. É prático e livre de SPAM.